Posts taggeados com ‘AntiCast’

Refrações #004 – Existe Design?

refracoes_004_coverfdd Escute o podcast…»

Entrevista à Revista Leaf #1

Em agosto do ano passado, eu e Ivan Mizanzuk (AntiCast) tivemos a oportunidade de conceder uma breve entrevista à primeira edição impressa da Revista Leaf (que pode ser baixada aqui). Saudações à equipe da Leaf e, sem mais, deixo abaixo o texto na íntegra (dispensei somente nossa apresentação, pois creio que os leitores já nos conheçam).

[Revista Leaf] O que te levou a cursar Design Gráfico?

Ivan Mizanzuk: Leio HQs desde os meus 10-11 anos de idade e gosto até hoje. Eu dizia que meu sonho era desenhar HQs, então comecei a pensar que curso eu poderia fazer para virar desenhista. Um conhecido da minha família me indicou o curso de design, mas nunca avancei no desenho: sempre desenhei mal para caralho. Na minha graduação, pirava em trabalhos com colagens digitais. Inspirava-me muito em 3 designers: Dave McKean, David Carson e Storm Thorgenson.  Leia mais…»

Manifesto AntiDesign 2.0 / AntiCast

Formei-me em Design Gráfico na PUC-PR em 2007. Por causa  de professores inspiradores, fui contaminado com o desejo do estudo. Nunca fui aluno dedicado em nada até encontrá-los. Eles me ensinaram que a Universidade tem uma arma que é deixada de lado: a provocação.

Me interessei mais pela área acadêmica do design, da pesquisa, da teoria, e sempre encontrei resistência a essa atitude, tanto por parte de colegas quanto de professores. Muitos não entendem ou não querem entender a importância do estudo teórico, da discussão, da multidisciplinaridade – esse chavão que, apesar de muita gente falar para se achar “legal”, é pouquíssimo posto em prática.

Ao ingressar no mestrado, logo após a graduação, eu senti o impacto de estar rodeado de pesquisadores apaixonados. Me sentia uma criança. Mesmo os melhores professores, aqueles inspiradores que falei há pouco, não conseguiam criar uma atmosfera de discussão tão inflamada quanto aquelas que tinha em São Paulo. Fiquei com pena do Design. Senti na pele o atraso da nossa área em relação a produção científica em outras áreas de conhecimento. Decidi que iria fazer algo, nem que fosse pouco. Leia mais…»