Posts taggeados com ‘debate FdD’

Debate FdD: por que (não) pular de paraquedas?

Olá, designófilos!  Este é nosso quarto post coletivo, contando com a participação de nosso time de colunistas e colaboradores fixos. A questão foi levantada por nosso colaborador Bolívar Escobar:

Em um futuro próximo, cientistas de uma determinada empresa criam um procedimento cirúrgico que ‘implanta’ experiências: uma pessoa que gostaria de pular de paraquedas pode agora optar por realizar o pulo, ou fazer a cirurgia e ter no seu cérebro o registro desse pulo que nunca aconteceu, com os exatos mesmos efeitos da experiência. Você optaria por pular ou por fazer a cirurgia? Leia mais…»

Debate FdD: design, uma experiência imediata ou mediada?

Após refletirmos sobre o capacete dos kamikazes e o significado do ato de chorar, chegamos ao terceiro post-coletivo com uma questão levantada pelo Beccari. Confira abaixo a pergunta proposta e as respostas, começando com as de nossos colaboradores fixos (Bolívar Escobar, Eduardo Souza e Thiago Dantas), seguidas das de Marcio Rocha Pereira e de Marcos Beccari.

Quando um rato tem acesso a uma alavanca que manda impulsos elétricos a um eletrodo implantado em seu cérebro, ele vai pressionar a alavanca repetidamente até cair de exaustão, abstendo-se de comida e sexo. Ou seja, o rato literalmente fode com seu próprio cérebro. Eu queria ter inventado isso, mas trata-se de um experimento bastante conhecido no campo da neurologia e que geralmente serve para explicar o princípio de ação das drogas nos humanos: substâncias que promovem a estimulação direta de certos pontos de prazer em nosso cérebro. A questão é: como podemos (se é que podemos) relacionar tal experimento com o design, seja como projeto ou como objeto de consumo? De preferência em apenas um parágrafo. Leia mais…»

Debate FdD: pode-se ressignificar o ato de chorar?

Após o assíduo debate sobre o capacete dos kamikazes, chegamos finalmente a uma segunda tentativa de post coletivo. A questão foi levantada por nosso mais perspicaz colaborador, Bolívar Escobar:

Imagine-se um pesquisador das emoções humanas. Você recebe uma verba suficiente para fazer o seguinte experimento: secretamente, 100 mil usuários do facebook serão pagos para, durante um mês, permanecerem com uma foto de si mesmos chorando de verdade como avatar da rede social.

Seria possível, fazendo isso, “ressignificar” o ato de chorar na nossa sociedade? Leia mais…»

Debate FdD: por que os pilotos kamikazes usavam capacete?

Debate FdD é uma série de “posts coletivos” (em paralelo ao debates homônimos lançados em nosso facebook e tumblr) e este post é nossa primeira tentativa. A ideia é a seguinte: alguém lança uma questão e cada colaborador aqui do blog escreve brevemente o que pensa a respeito. Essa primeira pergunta eu roubei descaradamente do braincast 55, mas o ideal seria que você, leitor, nos enviasse suas próprias perguntas (deixe nos comentários). Agora vamos ao assunto do dia: segurança do trabalho!

Bolívar Escobar: Lembram daquele relato do kamikaze que sobreviveu ao seu vôo quase final porque caiu na água? Onde foi que vi isso? Seu depoimento era algo como “estou vivo, que vergonha”. Leia mais…»