Posts taggeados com ‘esforço’

A publicidade entre eros e thymós: consumo e esporte

nike-witnessesHá muito, ações publicitárias de empresas esportivas reforçam valores ligados à atividade, ao esforço, ao suor, ao treino duro, à disputa, à vitória, à performance, dentre outros no mesmo campo ético, e procuram vincular tais valores a suas marcas. É claro que a tentativa de associar marcas a certos valores faz parte do cerne da publicidade e nem de longe é algo exclusivo das empresas ligadas ao esporte. Entretanto, os valores mais comumente associados a marcas diversas circulam pelo campo da felicidade, da diversão, do amor, da beleza e, principalmente, do erotismo. Com efeito, peças publicitárias com homens e mulheres de corpos sensuais e olhares libidinosos são presença constante no cotidiano de qualquer habitante urbano do século XXI. A dimensão erótica do consumo é tão marcante que o filósofo Mario Perniola chegou a defini-lo como o reino de uma sexualidade sem orgasmo. Leia mais…»

Filosofia do Design, parte LVI – Talentoso Design

* texto originalmente publicado no Design Simples.

Sabe qual é a diferença entre um designer talentoso e um designer esforçado? Este queria ser aquele, e vice-versa. Eu conheço muita gente talentosa e esforçada ao mesmo tempo. Mas o talento se manifesta de tal modo que qualquer esforço parece ter sido em vão. Frente a isso, é mais confortável acreditar que o resultado em si não importa, o que importa é o processo. Logo, o esforço é mais valorizado do que o talento. Particularmente, porém, eu tendo a valorizar mais o talento do que anos de prática e estudo.

Não entendo talento como algo imanente, ou seja, que já nasce com certas pessoas. Mas também não acho que seja adquirido com esforço. Talento é um impulso cego, espontâneo, fácil. Que de repente floresce e se impõe ao livre-arbítrio. Esta é a dificuldade que faz o talentoso querer ser esforçado: o livre-arbítrio é uma circunstância existencial que anula a espontaneidade, a imprevisibilidade e, portanto, a liberdade. Leia mais…»