Posts taggeados com ‘redes sociais’

Refrações #003 – A modernidade líquida de Zygmunt Bauman

coverfdd_003_bauman Escute o podcast…»

Uma hipótese para a solidão ou Como me oculto e me desconecto nas redes sociais

Annemarie_Busschers_holand_1-520x245Por uma incrível coincidência histórica, nossa liberdade individual aumentou consideravelmente quando houve um acréscimo de recursos; quer dizer, quando a sociedade de consumo surgiu. Torna-se trágico se analisarmos pelo viés contrário: justamente quando há um assomo na disponibilidade de recursos e oferta de produtos, opera-se um aumento visível na liberdade individual de cada ser humano.
Leia mais…

Do flâneur ao voyeur: lenta coreografia de um grande enterro

* texto originalmente publicado na Revista Clichê.

…uma bela dama em branco e vermelho [...] quer partilhar sua felicidade com o circo inteiro – uma vez que é assim que o espectador da galeria apoia o rosto sobre o parapeito e, afundando na marcha final como num sonho pesado, chora sem o saber.
– Franz Kafka, Na galeria (Um médico rural, São Paulo, Cia. Das Letras, 1999, p. 23).

“Não foi a vida, foi você”, disse o analista à paciente, que não conseguia parar de rir da situação. “Foi você que fez a vida fazer isso com você, e você não é a vida”, continuou. E ela ria mais alto. Filha de mãe solteira, aprendeu cedo que os homens sempre lhe trairiam, o que não lhe impedia, contudo, de cultivar muitas relações ao mesmo tempo. Ria de uma liberdade que não apenas lhe garantia um estilo de vida de alto nível, mas também lhe dava a sensação de dominar o jogo, de estar por cima do recalque mundano. “O mundo é assim, a culpa não é minha”. Leia mais…»